Economia nacional e seu reflexo nas normas serão discutidos em reunião do conselho da ABNT

 

A situação econômica do país e seu reflexo dentro da normalização são alguns dos temas que serão discutidos na próxima reunião do Conselho Deliberativo da ABNT que acontecerá dia 08 de agosto, na sede da entidade no Rio de Janeiro.

Além de debater sobre a economia nacional e como ela influencia o dia a dia da organização, as suas atividades e os seus resultados. O Conselho Deliberativo também vai discutir alterações no seu Estatuto incluindo a introdução do “Compliance”, na Associação, tema que atualmente é de fundamental importância.

Essa será a primeira reunião da qual participarão os novos conselheiros que atuarão no Conselho Deliberativo no período de 2017 a 2020. Eleitos por meio eletrônico, iniciativa adotada pela ABNT desde 2007 para facilitar a participação dos associados, com segurança e rapidez. Esse processo foi auditado, recebendo aprovação da RSM Brasil Auditores Independentes, empresa de reconhecimento internacional.

Foram eleitos os seguintes associados:

  • categoria Coletivo Mantenedor – a Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq), Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea).
  • categoria Coletivo Contribuinte – Instituto Brasileiro de Qualificação e Certificação (IQB), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) e Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP).
  • categoria Individual Colaborador – Catia Mac Cord Simões Coelho 

 

Sobre a ABNT

A ABNT é o Foro Nacional de Normalização, por reconhecimento da sociedade brasileira desde a sua fundação, em 28 de setembro de 1940, e confirmado pelo Governo Federal por meio de diversos instrumentos legais. É responsável pela gestão do processo de elaboração das Normas Brasileiras (NBR), destinadas aos mais diversos setores. A ABNT participa da normalização regional na Associação Mercosul de Normalização (AMN) e na Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) e da normalização internacional na International Organization for Standardization (ISO) e na International Electrotechnical Commission (IEC), influenciando o conteúdo de normas e procurando garantir condições de competitividade aos produtos e serviços brasileiros, além de exercer seu papel social. Além disso, a ABNT também é um Organismo de Avaliação da Conformidade acreditado pelo Inmetro para a certificação de diversos produtos, sistemas e programas ambientais, como o rótulo ecológico e a verificação de inventários de gases de efeito estufa.